ULiME, um filme de Tambla Almeida

ULiME é o título do filme do jovem realizador caboverdeano Tambla Almeida, que foi apresentado em antestreia no Centro Cultural Português do Mindelo, em São Vicente. 

“As filmagens são em São Vicente mas a história passa-se em Santo Antão”, conta-nos Tambla que admite que apesar disso não quis fazer um filme fechado em Cabo Verde. “A história é sobre a seca e a partilha da água e o problema do clima afecta todo o Mundo”.

Com um filme sem diálogos, o realizador procurou transmitir a mensagem através do movimento das imagens e dos sons. “É uma projecção de elementos de forma evidente e limpa na construção do espaço, onde o som do vento é angustiante e perturbador. Existe mesmo uma modelagem do personagem pelo vento”.

Tambla Almeida
A história não é situada numa época, mas sim, “num tempo presente”, segundo Tambla, que decidiu correr o risco de tentar criar um espaço próprio no panorama cinematográfico caboverdeano. “Este não é um filme comercial. Pretendo levá-lo para o interior de Cabo Verde e projectá-lo junto das pessoas que convivem mais de perto com a seca”.

O filme partiu da leitura das obras do escritor Luís Romano, que nas palavras de Tambla Almeida encontra-se “muito esquecido e é preciso trazer a sua obra para o convívio com o público”.

SINOPSE
Cabo Verde 2010
19 mn
Na secura da paisagem saheliana, Blimunde, boi-gente, sofre os tormentos da canga que já não existe e da falta de recursos que ainda subsiste. Desterrado e sem encontrar razões para uma condição nova, este herói esquecido começa a desentender-se com o seu próprio isolamento.



Ficha Técnica do Filme
Realização: Tambla Almeida. Elenco: Herlandson Duarte. Produção Executiva: Matilde Dias. Fotografia: Bob Lima. Som: David Medina. Edição: Jack Dias. Música: Mick Lima & Baptistinhas. Distribuição/Divulgação: Rabidá, audiovisual cultural. Concepção Gráfica: Elson Santos - Kriativ


Publicada (também) no Jornal NhaTerra Online


4 Comentários

  1. Parabéns meu caro Tambla, espero que este trabalho venha a ser valorizado pela população de Cabo Verde e por quem tem a função de apoiar e promover trabalhos do tipo.

    Sucessos nos futuros trabalhos que venhas a realizar...

    ResponderEliminar
  2. Força tambla porque tu mereces e estas de parabens, sobre o facto de criares o seu proprio espaço não é um problema mas sim algo bastante interessante, pq é algo que dificilmente encontramos nos caboverdianos que limitem a copiar.
    Vais ter sucesso
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Parabéns Tambla
    É motivo de grande regozigo ter um colega de trabalho como realizador de um filme.
    Espero que seja um sucesso e que tenhamos mais Tambla como realizador.
    Felicidaades Tambla!!!!!!!

    ResponderEliminar
  4. Parabens Tambla!!!

    Que este seja o primeiro de muitos que poderas realizar!!!
    Que tenhas sucesso, porque mereces e tens a corajem de realizar "algo diferente"!!
    Assim que possivel quero ve-lo!

    cumprimentos a Matilde; bebe, e todas que contigo trabalharam!!!! :)

    ResponderEliminar
Postagem Anterior Próxima Postagem